Trilhas da Ilha Grande

Trilhas são um dos pontos altos da Ilha Grande. É indiscutível a afirmação e reconhecimento de que é um dos lugares mais sensacionais do Brasil para a prática do trekking ou caminhadas de nível médio a pesado.  São estradas e trilhas em meio a mata, subindo morros e montanhas, cruzando rios e riachos, mangues, planícies, acompanhando o mar, atravessando comunidades caiçaras. São cenários maravilhosos capazes de nos emocionar.

A Ilha Grande é cortada por mais de 100 quilômetros de trilhas que nos levam a lugares de belezas indescritíveis. Com exceção das praias do Leste e do Sul, que ficam dentro da Reserva Biológica da Praia de Sul (RBPS) e mais algumas que ficam escondidas na rendilhada costa da ilha, a maioria das praias são interligadas por trilhas.

Quase todas são precariamente sinalizadas e algumas tão usadas que até parecem estradas. Estão divididas em 16 trilhas oficiais, que se percorridas em sua totalidade, o excursionista dá a volta completa na Ilha. Com exceção do trecho entre o Aventureiro e a Parnaioca que terá de ser feito de barco por conta de ser proibido passar pelas praias da reserva biológica.

Não necessariamente você precisa começar o seu passeio pelas trilhas na Vila do Abraão, onde a maioria dos turistas aporta. Há outras localidades como Bananal, Araçatiba, praia Vermelha e Provetá que dão acesso mais curto a lugares encantadores como a Lagoa Azul, Lagoa Verde, Gruta do Acaiá, Praia do Aventureiro.

Consulte aqui o mapa geral com a 16 trilhas oficiais, disponível em .PDF para download.  Neste link, há também sugestões de roteiros de 1, 2 e 3 dias partindo das principais localidades “troncos”.

Com exceção da trilha T1 (Circuito do Abraão), que é praticamente plana e curta e que nesta categoria podemos incluir a trilha para a Praia do Abraãozinho, embora esta apresente uma breve subida, todas as outras exigem algum preparo físico para percorrê-las. Algumas trilhas com subidas são de tirar o fôlego, não só pelo cansaço, mas também pelos visuais que elas apresentam no decorrer da caminhada; como é o caso da trilha T9 (Provetá – Aventureiro), T13 (Abrão – Pico do Papagaio) e T14 (Abraão – Dois Rios).

As trilhas mais frequentadas são praticamente caminhos bem visíveis e em nenhuma delas você terá de andar no meio do mato desbravando-o como se fosse um explorador. Entretanto, as trilhas mais selvagens, como a T12 (Pouso – Farol dos Castelhanos), T13 (Abrão – Pico do Papagaio), T15 (Dois Rios – Caxadaço) e T16 (Dois Rios – Parnaioca) é comum ficarem bloqueadas por alguma árvore que cai ou somem em meio ao mato que não para de crescer.

Nestas trilhas é muito fácil se desorientar devido aos inúmeros atalhos que aparecem e que podem roubar precioso tempo em idas e vindas na busca do caminho certo. Quando isso acontecer, analise com atenção todos os detalhes ou possíveis vestígios da trilha original e saiba voltar pelo mesmo caminho que te levou até aquele ponto.

Qualquer que seja o tipo de aventura, nenhuma escapa aos cuidados que são necessários para atenuar os riscos que qualquer caminhada pode apresentar. A falta de experiência, em muitos casos, cria transtornos que podem pôr o caminhante neófito diante de alto grau de risco. Portanto, antes de jogar a mochila às costas e partir para uma aventura, esteja preparado para enfrentar imprevistos.

Não corra riscos desnecessários. Tenha em mente que, a atividade de caminhar na natureza além de prazerosa, implica riscos que podem, em casos extremos, levar à morte do excursionista. Jamais se coloque deliberadamente em situações de perigo. Você é a chave da sua própria sobrevivência, e atitudes loucas dão lugar a ferimentos ou a algum tipo de incapacidade que lhe limitarão a eficiência.

 Dicas do ilhagrande.com.br:

  • Apesar de você poder chegar a muitos lugares com as informações aqui descritas, a melhor maneira de garantir o sucesso do passeio é ter a companhia de um guia de caminhada, com experiência o bastante na área em que irá atuar. Principalmente, se você não tiver experiência em longas caminhadas e nem bom senso de direção para se localizar na mata. Um guia experiente saberá como agir em situações de emergência e como prevenir certos incidentes comuns numa caminhada, por menor que ela seja. Além disso, conhecem recantos escondidos de magnífica beleza que passariam despercebidos pelo caminhante comum.
  • Nas páginas a seguir, você terá as informações mínimas para percorrer todas as 16 trilhas oficiais da Ilha Grande. Tempo de percurso, distância, esforço físico, orientação e suas atrações. No tocante ao esforço físico, as trilhas foram classificadas em: Leve, Médio, Semipesado e Pesado. E no que diz respeito à orientação em: Fácil, Médio e Difícil. Não subestime estas informações.
  • Se você estiver usando um GPS, você pode até errar o caminho, mas se perder será praticamente impossível. A não ser que aconteça algum dano ao aparelho ou ele perca a comunicação com os satélites. Telefone e GPS são aparelhos úteis e importantes numa trilha, embora os telefones raramente funcionem. Esteja você numa pousada, num camping ou em casa de amigos, sempre que sair para um passeio deixe recado informando o seu destino.
    O uso de um cantil é imprescindível em qualquer caminhada. Lanterna também é importante.

Conheça agora cada uma das Trilhas de Ilha Grande!

Trilhas - T01 - Circuito na Vila do Abraão - Ilha Grande - RJ Trilhas - T02 - Aqueduto - Saco do Céu - Ilha Grande - RJ Trilha T03 – Saco do Céu – Freguesia de Santana - Ilha Grande - RJ
Trilha T04 – Freguesia de Santana – Bananal - Ilha Grande - RJ Trilha T05 – Bananal – Sítio Forte - Ilha Grande - RJ Trilha T06 – Sítio Forte – Araçatiba - Ilha Grande - RJ
Trilha T07 – Araçatiba – Gruta do Acaiá - Ilha Grande - RJ Trilha T08 – Araçatiba – Provetá - Ilha Grande - RJ Trilha T09 – Provetá – Aventureiro - Ilha Grande - RJ
Trilha T10 – Abraão – Pouso - Ilha Grande - RJ Trilha T11 – Pouso – Lopes Mendes – Santo Antônio - Ilha Grande - RJ Trilha T12 – Pouso – Farol dos Castelhanos - Ilha Grande - RJ
Trilha T13 – Abraão – Pico do Papagaio - Ilha Grande - RJ Trilha T14 – Abraão – Dois Rios - Ilha Grande - RJ Trilha T15 – Dois Rios – Caxadaço - Ilha Grande - RJ
Trilha T16 – Dois Rios – Parnaioca - Ilha Grande - RJ

Mapas e roteiros das trilhas oficiais

Ver mapa de Araçatiba

Colaboração com fotos: Guia Ecológico João Pontes

Colaboração com conteúdo: Guia Bernardo José

Onde você encontra e quem faz