Trilha T03 – Saco do Céu – Freguesia de Santana

Trilha T3 – Saco do Céu – Freguesia de Santana

Distância: 3.900 metros (só a ida)
Nível: Médio (Subida e descida entre o Saco do Céu e a Praia de Japariz)
Preparo físico: Semipesado
Duração: 1 hora e 40 minutos (só a ida)
Orientação: Fácil
Atrações: Praias, ruínas, igreja, bares e restaurantes.

Embora esta trilha seja praticamente plana, há razoável subida entre o Saco do Céu e a Praia de Japariz. Não há fontes de água potável pelo caminho. Portanto, esteja munido de cantil e abasteça-o sempre que for possível. Após o Saco do Céu, a única praia onde você encontrará serviços de bar é na Praia de Japariz.

Essa trilha é muito usada pelos que ficam hospedados no Saco do Céu e pelos que estão dando a volta à Ilha. A não ser que você esteja em ótima forma física e comece a caminhada bem cedo. São mais de 22 quilômetros (ida e volta). bem puxado ir do Abraão à Freguesia de Santana e voltar com a luz do dia, principalmente se for na estação de inverno. Já, partindo de Bananal, fica bem mais próximo. Freguesia de Santana é muito frequentada por saveiros que fazem passeios para a Lagoa Azul, por conta disso, não será difícil conseguir barco para retornar ao Abraão. Mas isso não é 100% garantido.

Para quem está dando a volta queira se adiantar, existe um corta-caminho que liga o Saco do Céu à Praia do Bananal, sem passar por Freguesia de Santana. ATENÇÃO, CUIDADO! A subida é puxada, a descida forte. É uma trilha selvagem, que pode representar algum perigo de perder-se em algumas derivações que levam a lugar nenhum.

Percurso: Saco do Céu à Freguesia de Santana (1 hora e 40 minutos)

Trilha T03 - Saco do Céu à Freguesia de Santana - Ilha Grande - RJ Trilha T03 - Saco do Céu à Freguesia de Santana - Ilha Grande - RJ

Saindo da Placa Informativa T03 (Saco do Céu – Freguesia de Santana), logo você irá passar por ponte de concreto. O caminho é meio complicado, pois há várias bifurcações em direção às casas. Siga sempre o caminho mais largo ou peça informações. Após as casas, a trilha começará a subir.

Em meio à subida, ao passar por placa de sinalização T03, surge bifurcação descendo à direita. Essa trilha vai dar na Praia da Guaxuma ou Praia do U. O caminho é bastante complicado, com muito mato e obstáculos no piso. É praia pequena, de areia dourada, água límpida e que pode variar do azul turquesa ao verde esmeralda.

Seguindo viagem, a partir da bifurcação, a trilha torna-se mais íngreme e acidentada. Quando começar a descer, não entre em nenhuma trilha à direita, siga sempre a trilha principal até chegar num campo de futebol.

Praia do Funil

 Trilha T03 - Praia do Funil - Ilha Grande - RJ

Olhando à direita, você verá um estreito canal por onde a água do mar entra até chegar numa faixa de areia, que na maré cheia, fica coberta pela água. Por um capricho da natureza, um pequeno fiorde termina em forma de funil, o que deixa esta praia escondida aos que passam de barco.

Foi na Praia do Funil que se fez a ligação da rede elétrica da Ilha Grande para o continente, em 26 de fevereiro de 1979.

Atravesse o campo de futebol pela linha de fundo e siga em frente. Depois de breve subida, a trilha passa entre as ruínas de uma antiga casa de fazenda e começa a descer na direção da praia.

Praia de Japariz

Trilha T03 - Praia de Japariz - Ilha Grande - RJ Trilha T03 - Praia de Japariz - Ilha Grande - RJ

Praia do Japariz possui areia dourada, mar transparente e calmo. A praia é quase toda de restaurantes e por conta disso, é muito frequentada por saveiros e lanchas que fazem passeios. Devido a esse movimento, pode ser difícil tomar banho de mar, dependendo da quantidade de barcos. Para quem vai seguir em frente, este é o último lugar onde há bar.

A trilha começa à esquerda da praia e sobe suavemente com bela vista do mar à direita. Num determinado momento surge bifurcação descendo à direita. Essa trilha vai dar numa casa de pescador junto ao mar. Mais à frente, surge entroncamento vindo desta casa.

Após curva em U, onde a trilha passa sobre vários blocos de pedra com vestígios de riacho, logo que começar a descer, uma fonte, quase escondida, surge à esquerda. Mate a sede e reabasteça o cantil, pois daqui para frente, não haverá mais água potável. Só na Praia do Bananal. Apesar de ser água de fonte, é prudente trata-la antes de matar a sede.

Após a fonte, a trilha segue descendo e logo começará a acompanhar de perto o mar até chegar numa praia com um cais, Freguesia de Santana. Ao chegar às Placas Informativas T03 (Freguesia de Santana – Saco do Céu) e T04 (Freguesia de Santana – Bananal) você avistará à esquerda, no alto de pequena colina, a Igreja de Santana.

 Dicas do ilhagrande.com.br:

  • Esteja você numa pousada, num camping ou em casa de amigos, sempre que sair para um passeio deixe recado informando o seu destino;
  • O uso de um cantil é imprescindível em qualquer caminhada. Lanterna também é importante;
  • Lembre em colocar sua vida e bem estar em primeiro lugar, faça uma caminhada com segurança acompanhado de um guia.

+ Fotos  Confira as fotos da Trilha T03

Colaboração com fotos: Guia Ecológico João Pontes

Colaboração com conteúdo: Guia Bernardo José

Onde você encontra e quem faz