Guia Ecológico João Pontes

João Pereira Pontes é Guia Nacional de Turismo, na categoria Excursão Nacional – América do Sul e Guia Regional do Estado do Rio de Janeiro, sob registro nº. 1900244396-4 do Ministério do Turismo.

É carioca, tem 59 anos e há mais de 25 anos faz caminhadas em trilhas pelo Brasil. Guia ecológico e amante da natureza, realiza excursões com grupos de todas as idades para qualquer parte da Ilha Grande. Especialista nas trilhas da Ilha, ele conhece lugares e recantos que muitos nunca ouviram falar como as piscinas naturais, cachoeiras virgens, e mirantes espetaculares.

Além da Ilha Grande, João também é guia de travessias como as da Juatinga, passando no Saco Bravo e a travessia Teresópolis x Petrópolis no Parnaso!

Capacitação Profissional do Guia Ecológico João Pontes:

Técnicas de Caminhada em Grupo; Técnicas de Excursionismo: Equipamentos e Vestuário / Check-list / Alimentação / Acampamento / Cordas e Nós / Rádio; Noções de Ecologia; Ecossistemas Brasileiros; Legislação Ambiental / Unidades de Conservação; Orientação Cartográfica / Orientação Astronômica; Noções de Espeleologia (grutas e cavernas); Esportes de Aventura como escaladas; Recreação e Lazer; Relações Interpessoais; Manifestações de Cultura Popular; Metodologia de Pesquisa; Primeiros Socorros e Prevenção contra Animais Peçonhentos.

01-047 Cachoeira do Saco Bravo Criação de conteúdo para o portal IlhaGrande.com.br

A função de guia de turismo não é uma tarefa tão simples e prazerosa quanto nos parece à primeira vista. O guia vai muito além do simples acompanhamento de um grupo de pessoas: é dele a principal responsabilidade pelo sucesso da excursão. Antes mesmo dos primeiros passos, ele já tem noção dos eventuais problemas que poderão surgir e o que fazer para encontrar a solução imediata para resolvê-los da melhor forma possível.

O guia é a alma da caminhada. É ele quem nos arranca os Uáus!!! É nele que depositamos a confiança de estarmos no bom caminho e que a recompensa não terá preço. Na Ilha Grande, muitos são os cicerones que conhecem suas trilhas, mas são poucos os que conseguem fazer com que elas proporcionem uma verdadeira aventura, um mergulho na sua impressionante história ou uma odisséia capaz de levar o caminhante ao delírio ante aos cenários que só quem conhece seus segredos é capaz de revelar.

Nesta homenagem, queremos destacar o Guia de Turismo João Pontes, que descobriu sua vocação de guia caminhando pelos caminhos e trilhas da Ilha ainda no tempo em que ela abrigava um presídio. Experiente caminhante não só da Ilha Grande, mas de tantas outras maravilhas e lugares fantásticos que compõem o cenário do Rio de Janeiro.

Trilheiro compulsivo vivia levando os amigos aos lugares novos que descobria, e a cada horizonte alcançado, novos surgiam. Nesses desdobramentos, acabou por conduzir grupos como guia de honra no “Clube de Caminhantes Amigos da Zona Oeste”. O reconhecimento e os elogios foram a flecha na encruzilhada apontando-lhe o destino. Empolgado, ele decidiu se especializar e desta forma, além do prazer de caminhar, também a recompensa pelo seu profissionalismo e a consagração de um sonho.

02-053

Sua competência, responsabilidade, sobriedade, criatividade, companheirismo, ética profissional, disciplina, iniciativa, simpatia, liderança, além de tantas outras qualidades e virtudes, que acabam por fazer do João um especialista em trilhas e um zeloso e confiável companheiro de caminhada. Ele sabe o “caminho das pedras” quando à nossa volta é só mata, samambaias espinhentas, penhascos, pântanos e incertezas.E é assim que ficamos sabendo das piscinas naturais escondidas, das cachoeiras que despencam no mar depois de formarem poços nas pedras onde deslizam, das fontes de água mineral, dos buracos sem fim, os mirantes estonteantes, entre tantas outras curiosidades que só quem tem experiência é capaz de nos revelar.

Caminhar com um mestre é compartilhar de sua filosofia. É aprender a respeitar a natureza e compreender que uma minúscula flor que desabrocha entre a rachadura de uma pedra, despertada por um tênue raio de sol que conseguiu penetrar o manto das folhas é um milagre único que poucos têm o privilégio de presenciar.

Depois de horas subindo e descendo serras, você chega exaurido numa praia deserta, com um riacho serpenteando a areia, o céu ficando dourado e os vaga-lumes começando a sua ronda. Revigorados do cansaço e, sob um céu de galáxias à beira de uma praia constelada de estrelas do mar, nada é mais gratificante do que vermos o nosso guia chorando. Não de tristeza por que algum desleixado ou desinformado deixou uma embalagem vazia poluindo o ambiente, mas sim, devido às cebolas, que depois de fritas em meio às fatias de linguiça calabresa e misturadas ao arroz, se transformam num jantar dos deuses para deleite dos famintos e fatigados iniciados.

E na manha seguinte , aquele cafezinho na cafeteira italiana fresquinho para o deleite de todos.

Parabéns João, por proporcionar a tantos turistas do Brasil e do mundo caminhadas tão espetaculares e repletas de aventuras e eventos como as que você sabe nos envolver de corpo e alma.

Roteiros do Guia Ecológico João Pontes

Roteiro – 1 – Praia Grande de Araçatiba – Gruta do Acaiá

04-032 ARAÇATIBINHA 04-034 Gruta do Acaiá

Praia Grande de Araçatiba / Praia de Araçatibinha / Praia do Itaguaçu / Praia Vermelha / Gruta do Acaiá.

Um dia de caminhada saindo de Araçatiba indo até a gruta passando por todas estas praias e voltando para dormir no Camping e Pousada Bem Natural em Araçatiba.

 

Roteiro – 2 – Praia Brava – Farol dos Castelhanos

05-015-Dentro-do-Farol1.jpg

Praia Brava / Praia das Palmas / Praia do Pouso / Praia de Jurubá / Praia dos Castelhanos / Farol dos Castelhanos.
Caminhada de um dia passando por trilhas bem fechadas e uma linda floresta, até chegar num farol centenário.

 

Roteiro – 3 – Praia Grande de Araçatiba – Lagoa Verde

06-IMG_8752 06-044 Lagoa Verde

Praia Grande de Araçatiba / Praia da Cachoeira / Mirante da Lagoa Verde / Lagoa Verde.
Um dia de caminhada tranquila saindo de Araçatiba, passando por todas essas maravilhas e chegando para dar um mergulho num dos principais paraísos da Ilha Grande: a Lagoa Verde.

 

Roteiro – 4 – Volta completa da Ilha Grande

07-007 Criação de conteúdo para o portal IlhaGrande.com.br

Caminhada de 7 a 10 dias passando pelas praias, cachoeiras, piscinas naturais e pontos históricos da Ilha.
A hospedagem será em campings, casas, quartos ou pousadas naspraias Brava, Parnaioca, Aventureiro, Araçatiba, Bananal ou Matariz.

 

Roteiro – 5 – Meia volta na Ilha Grande

Caminhada de 4 a 7 dias.

 

Roteiro – 6 – Mirantes da Ilha Grande

Criação de conteúdo para o portal IlhaGrande.com.br

Alguns mirantes, só são acessíveis com um pernoite na trilha.
Os principais são: Mirante de Dois Rios / Mirante de Lopes Mendes / Mirante de Palmas / Mirante da Lagoa Azul / Mirante da Lagoa Verde / Mirante do Sundara / Mirante do Espia / Mirante do João e Mirante da Parnaioca.

 

Roteiro – 7 – Pico do Papagaio

Criação de conteúdo para o portal IlhaGrande.com.br

Trilha ao segundo ponto mais alto da Ilha e que levará o dia inteiro.

 

Roteiro – 8 – Supertrilha

Abraão – Dois Rios – Caxadaço -Santo Antônio – Lopes Mendes – Pouso – Palmas – Abraão.
Caminhada longa e pesada, tendo que começar bem cedo, pois pode ser feita em 12 hr.

 

Roteiro – 9 – Caxadaço via Santo Antônio

Começando pela trilha do Pouso e passando pela trilha mais fechada e difícil da Ilha Grande e chegando ao Paraíso, a praia de Caxadaço, a princesinha da Ilha. Linda.

 

Roteiro – 10 – Praia e Cachoeira da feiticeira

Boa caminhada até a cachoeira e depois seguiremos descendo até a Praia da Feiticeira. O retorno poderá ser feito de barco.

Contato do Guia Ecológico João Pontes

Quanto ao preço das trilhas, favor entrar em contato com o Guia Ecológico João Pontes através dos seguintes endereços:

Celular / Whatsapp: (24) 98816-9212
E-mail: guiajoaopontes@gmail.com
Facebook – Guia Ecológico João Pontes

 Dicas do ilhagrande.com.br:

  • Esteja você numa pousada, num camping ou em casa de amigos, sempre que sair para um passeio deixe recado informando o seu destino;
  • O uso de um cantil é imprescindível em qualquer caminhada. Lanterna também é importante;
  • Lembre em colocar sua vida e bem estar em primeiro lugar, faça uma caminhada com segurança acompanhado de um guia.

Confira as fotos do Ecológico João Pontes

+ Fotos

Redação: Guia Bernardo José